10.4.13

Replicante

Não me venha falar de suas desilusões e desapontamentos
Já tenho vozes em minha cabeça o suficiente para me deixar louca
e procurando um esconderijo
Eu também amei, acreditei, sofri e me enganei
Nada do que você tenha a dizer me fará ser diferente
Suas perdas não podem ser maiores que as minhas;
seus segredos não causariam tragédias;
seus medos não existem
e suas histórias...
Não passam de acontecimentos repetitivos
Suas lágrimas não têm efeito sobre mim
Sofrimentos humanos não me comovem
E eu não deixarei que eles me transformem
em só mais uma que passou por este lugar
Este mundo,
que poderia acabar em chamas sem me ferir,
não significa nada
E de qualquer forma,
o que mais queima em mim é essa vontade de morrer
Ameaças, chantagens...
Isso não me abala
Desfigure a raça humana,
acabe comigo,
faça o que tiver vontade
Meus pensamentos não mudarão,
meu ódio permanecerá
e você irá me conhecer
pelas cicatrizes que eu deixar...