10.4.13

Tormento sem fim

Hoje,
mais um dia na vida de quem sonha com a morte
O sol,
o maldito sol,
ainda brilha quando ele simplesmente podia se desprender do céu;
a escuridão tomaria conta
e não se perderia muita coisa...
Por que ainda permaneço aqui,
quando todo o meu ser me implora para fugir?
Será que estando longe as coisas seriam diferentes
ou esse é só mais um sonho meu?
Por que ainda busco felicidade?
Sendo que ela parece não ser essencial,
já que vivi até agora sem ao menos conhecê-la...
As mesmas coisas são ditas diariamente por mim
e elas não puderam mudar absolutamente nada
É sempre a mesma coisa...
Não posso seguir em frente
se meu passado está presente para me atormentar
Esse sentimento de culpa,
por não abandonar esta vida,
me persegue
e me faz ter a sensação de que nunca chegarei ao topo;
estarei sempre no subsolo de meu próprio orgulho
E as marcas deixadas pela dor da ilusão,
nunca vão se cicatrizar
Sem meios de ir embora,
permaneço presa a este lugar...