6.6.13


Minha vontade de lutar tem seus limites
mas só cessa quando recebe seu troféu.
Sonhei tendo você e no meu mundo,
sonhos foram feitos para se tornarem realidade.
Eu só preciso querer. E eu quero.
Desejo a ti como o astronauta espera um dia poder chegar à lua.
Busco seus lábios como um cego a procura de luz.
Vejo em seus braços o conforto de um dia morno após uma longa tempestade.
Sua pele parece ser o fruto mais irresistível que eu poderia experimentar. 
Cada movimento, cada olhar, sorriso, tudo em você é fascinante.
Seu brilho apaga o encanto de qualquer criatura.
Um dia sem te ver é como rejeitar o sentido que possa haver em cada batida do meu coração.
Viajo em seu toque, mesmo tendo-o só em pensamento.
Sua voz é a melodia de sossego para minha alma.
Para mim é um pecado, uma ação profana deixar de pensar em você,
desperdiçar qualquer segundo sem ter você como Deusa de minha mente.
És memória; vivida e inventada, és verdade; para mim nunca falsa, és desejo; que arde num fogo intenso que nada apaga.