11.7.13

Nudez; seu traje a rigor
Provocando explosões de calor por um corpo comandado por uma mente já confusa
A atual falta de incoerência é também culpa de suas insinuações; talvez inocentes, talvez calculadas, que sempre me levam à loucura
Às vezes quando movimenta seus lábios para dizer algo, não a compreendo pois meus sentidos já imaginam coisas que estão bem além do que se pode dizer
Como conseguiu tal encanto é um mistério,
mas já não sei dizer não a você
Sua vontade é a minha vontade
Estou sob seu feitiço
Apaixonada, sem precisar de motivos ou entender razões
e não há como voltar atrás
Porém, se pudesse, não voltaria jamais
Pois nem em sonho vivi o que você me mostrou
e sei que muito mais nos espera
e esta tudo além do horizonte, onde as nuvens de fogo nos guiarão
Onde o mundo é somente nosso e não há por que temer a ilusão
Pois já a vivemos
E sendo irreal ou não, cabe a nós decidir escolher entre o prazer e a solidão.